Imprimir conteúdo  imprimir   
Enviar página por email  enviar   

Santarém - Mesas postas no Festival Nacional de Gastronomia

Os sabores nacionais dão o mote ao Festival Nacional de Gastronomia. A edição 2011 decorre de 21 de Outubro a 6 de Novembro na capital ribatejana. O certame é ainda momento para aprofundar conhecimentos com o Dia do Arroz Carolino, para debater o sector hoteleiro e da restauração, no Dia da AHRESP. Há ainda mostra de artesanato e actuações musicais.

Café Portugal | quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

«Conviver pela Gastronomia». É este o convite que o presidente da Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, Joaquim Rosa do Céu, lança ao país. O 31º Festival Nacional de Gastronomia apresenta-se com novidades. Em edições anteriores, cada dia é dedicado à gastronomia de uma zona do país. Este ano há dias temáticos, sendo dedicados aos produtos que caracterizam a região.

Na Casa do Campino, em Santarém, o certame tem inauguração a 21 de Outubro. No dia seguinte os sabores confeccionados giram em torno da caça, numa apresentação do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo. Segue-se, a 23 de Outubro, o Turismo do Alentejo, com a gastronomia em torno do pão. No dia 27, os anfitriões serão o bacalhau e o leitão, promovidos pelo Turismo do Oeste. As carnes chegam do Porto e Norte e o peixe do Algarve.

Marcam também presença no certame gastronómico o cabritinho da serra, pelo Turismo do Douro, e o Borrego Bordalês da Serra da Estrela. A cozinha açoriana cruza o Atlântico e disponibiliza na capital ribatejana sabores das ilhas como morcela com ananás, cracas cozidas, salada de búzios, pudim de maracujá, entre outros pratos.

O Festival faz-se ainda com sabores oriundos de Espanha, nomeadamente da Galiza. A mesa de dia 29 de Outubro faz-se com tapas: mexilhões da Ria em escabeche, tortilha de queijo de Arzua, empada de cozido galego, entre outros.

Até 6 de Novembro, altura em que encerra o certame, haverá demonstrações culinárias, como é o caso dos dias 25 e 26 de Outubro. No primeiro dia diversos restaurantes confeccionam petiscos e sopas. A 26 confecciona-se, ao vivo, arroz de cabidela e caldeirada.

Entretanto, a 24 de Outubro, o programa assume um carácter de debate. A AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal) promove um seminário sobre «Vencer em Tempos de Crise na Hotelaria e Restauração». Um encontro onde se pretende partilhar experiências, cruzar informação e alertar para os perigos da actual situação financeira do país. Ainda na vertente lúdica, o dia 2 de Novembro é dedicado a um produto arreigado à nossa cozinha, o arroz carolino.

Um festival que, como habitualmente, não dispensa a animação musical a cargo de ranchos folclóricos e bandas.

O festival é organizado pela Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo e a Câmara Municipal de Santarém.

 

  

Comentários Comentários (0)
Não existem comentários
Newsletter 
Fique mais próximo do Café Portugal
nome:
email: